you're reading...
Sem categoria

“Elite without being elitist”

Gostei muito da maneira como a Universidade de Leicester (Reino Unido) se descreve (“Elite without being elitist”). Acho que é coerente não só com a minha perspectiva sobre a academia mas também com minha visão de mundo política. É preciso buscar a excelência (no bem-estar, na vida profissional, nas artes, na ciência), mas de maneira inclusiva, como princípio norteador e não como privilégio ou preconceito. É a diferença entre saber falar Francês porque é chique e caro e saber falar Francês porque essa língua da acesso a meios culturais e conhecimento não disponível em outros idiomas. É também saber reconhecer excelência em saberes, culturas e modos de ser populares.

“At Leicester we’re going places. Ranked in the top 12 universities in Britain our aim is to climb further. A commitment to high quality fused with an inclusive academic culture is our hallmark and led the Times Higher Education to describe us as “elite without being elitist”.”


Anúncios

Discussão

Um comentário sobre ““Elite without being elitist”

  1. Que descolado o posicionamento da Leicester. Me identifiquei muito e fiquei bem feliz com a intuição de que exista muito mais disso por aí.

    Publicado por bernardo duarte bueno | abril 14, 2011, 3:35 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: